Centro Espírita União e Fraternidade Pai João José de Oliveira, mentor espiritual do CEUF
Evangelho no lar Obras básicas Revista espírita Grandes vultos do espiritismo Sites úteis  Mensagens diárias psicografadas por Chico Xavier - Ditadas pelo Espírito Emmanuel

Assistência espiritual

O objetivo da Assistência Espiritual é promover a cura de enfermidades de caráter tanto material como espiritual.

O sucesso da cura depende, em grande parte, do assistido, que precisa estar atento e realizar o tratamento de maneira adequada. O mais importante é aceitar que a causa de qualquer aflição e, conseqüentemente, sua cura está em si mesmo. Daí torna-se essencial se dispor a modificar pensamentos, hábitos e ações.

O tratamento espiritual não dispensa o tratamento médico, mas sim o complementa.

Plantão para orientação

É a porta de entrada para aqueles que desejam fazer um tratamento espiritual. Neste plantão o assistido é recebido por um plantonista que busca orientar, à luz do espiritismo, a busca para a solução das aflições. Além disso, é preenchida uma ficha que passa por um colegiado de médiuns que recebem dos espíritos a indicação do tratamento mais adequado.

Clique aqui e confira os horários do plantão.

Preparação para o tratamento

É importante manter os pensamentos elevados durante a estadia no centro, deixando de lado por alguns momentos os problemas e concentrar-se no fortalecimento para encontrar o melhor caminho para a sua solução.

A fim de auxiliar nesta elevação, a primeira ação que acontece nos tratamentos e a aplicação do chamado “Passe Espiritual” ou “Passe de Limpeza” que visa harmonizar e preparar o assistido para receber o seu tratamento.

Em seguida acontece uma palestra de 15 minutos com tema evangélico, que tem a finalidade de estimular o assistido a refletir sobre os ensinamentos de Jesus e de livrar, ainda que por alguns momentos, de pensamentos negativos.

Tratamentos

Os tratamentos espirituais no CEUF acontecem de acordo com os padrões estabelecidos pela Federação Espírita do Estado de São Paulo (FEESP). Os passes são, portanto, padronizados.

Não existe passe “mais fraco” ou “mais forte”. Para cada tipo de enfermidade há um remédio certo e uma dose específica para obter o resultado esperado. Daí o fato de existirem diferentes tratamentos designados por códigos.

A letra “P” que antecede o código de alguns tratamentos vem de “Pasteur” em homenagem ao cientista francês Louis Pasteur que, desencarnado, foi o mentor espiritual do grupo de trabalho responsável pela padronização dos passes.

Os tratamentos da série P disponíveis no CEUF são:

P1 – indicado para adultos em casos de moléstias físico/materiais (vibração energética para o assistido encarnado);
P2 - indicado para adultos em casos de moléstias espirituais (vibração energética para os assistidos encarnado e desencarnado);
P3A - indicado para adultos em casos de moléstias físico/materiais graves (vibração energética para o assistido encarnado);
P3M - indicado para adultos em casos de moléstias espirituais graves (vibração energética para o assistido desencarnado);
P4/1 – indicado para crianças com problemas de perturbações leves (ambiente familiar), má educação e vícios familiares;
P4/2 – indicado para crianças com perturbações materiais (doenças próprias da idade).

A sigla “CH” vem de Choque Anímico. O termo “anímico” deriva do grego “animé”, que significa alma, que no espiritismo é entendida como designação do espírito encarnado. O passe se dá através de um choque de boas vibrações proveniente do espírito encarnado do médium, promovendo o equilíbrio.

Já o tratamento “A2” (Assistência 2) faz uso de palestras mais longas (30 min.) e mensagens trazidas por mentores espirituais que visam renovar o pensamento do assistido, facilitando o desligamento de más vibrações.

Clique aqui e confira os horários dos tratamentos.